Número total de visualizações de página

21/03/12

Como criar filhos inteligentes - Por Sylvio Ribeiro



                                                      
Uma das principais preocupações dos pais é dar aos seus filhos uma educação que garanta uma vida adulta confortável, realização profissional  e tudo aquilo que sonharam (se possível, o que os pais sonharam também).
Certamente, criar bem um filho está entre as coisas mais complexas da vida. Não existe regra, tem muita coisa envolvida e seres humanos podem ser muito difíceis de lidar. Mesmo assim, a gente lê (estou imaginando como serei quando for pai), conversa com os amigos, lê mais ainda e faz até curso para tentar educar o nosso filho da melhor forma possível.
Fato é que não existe um guia “como criar filhos inteligentes”, mas todo esforço dos pais nessa direção é bem-vindo. Uma das melhores maneiras de acertar é olhando para quem “acertou”. Embora isso não garanta nada, é bom para balizar nossas ações e saber se estamos no caminho certo ou fazendo uma grande besteira.
O que ótimos alunos têm em comum? Como são seus pais? Será que podemos aprender algo com eles? O famoso livro Freaknomics listou alguns fatores relacionados aos bons alunos (com boas notas) e alguns fatores que não estão relacionados ao bom desempenho escolar de crianças e adolescentes. Se isso ajuda ou não na hora de educar um filho, é difícil responder. Use a intuição de pai ou mãe, dizem que não falha.
Fatores que influenciam
  1. Os pais têm escolaridade alta
  2. Os pais têm alto nível socio-econômico
  3. Mães tinham 30 ou mais anos quando o primeiro filho nasceu
  4. A criança nasceu com pouco peso
  5. A criança é adotada
  6. Os pais são envolvidos na associação de pais & mestres
  7. A criança tem muitos livros em casa
Fatores que NÃO influenciam
  1. A família é preservada
  2. A família mudou recentemente para um bairro melhor
  3. A mãe não trabalhou até o jardim da infância
  4. Os pais levam a criança a museus regularmente
  5. A criança apanha
  6. A criança assiste TV com frequência
  7. Os pais leem para a criança quase todo dia

Sem comentários:

Enviar um comentário