Número total de visualizações de página

19/06/13

PERDI O TEMOR - POR Agnaldo Guimarães

RECEBI DA MINHA AMIGA JOSEÍLA RAMALHO, ADOREI E POSTEI!!!

Perdi o temor à chuva
E assim ganhei o frescor da água.

Perdi o temor ao vento
E assim ganhei o seu cantar nos fios.

Perdi o temor ao silêncio
E assim ganhei momentos de paz. 

Perdi o temor ao julgamento dos outros
E assim ganhei caminhos mais
abertos de liberdade.

Perdi o temor de investir tempo
"em coisas sem importância"
E assim ganhei entardeceres, estrelas, pedaços de luar, águas rebrilhando ao sol, retalhos de canções...

Perdi o temor de dar-me integralmente,
temendo sofrimentos e cicatrizes
E assim ganhei a bendita multiplicação
do meu tempo.

Perdi o temor de expor-me
E assim ganhei mais confiança no que sou e no que podem ser as pessoas.

Perdi o apego às coisas materiais
E assim ganhei a alegria da simplicidade.

Perdi o temor à competição
E assim ganhei o sabor das vitórias e os ensinamentos das derrotas.

Perdi o temor de desbravar caminhos desconhecidos
E assim ganhei novas visões, horizontes, novos amigos.

Perdi o temor de dizer minhas verdades frontalmente
E assim ganhei aqueles que a mim eram sinceros e leais.

Perdi o medo do dia de amanhã
E assim ganhei o hoje!

Perdi o temor mórbido do
"por que não fiz"?
E assim ganhei o mais pensar
para melhor fazer.

Perdi a segurança estúpida das minhas "verdades únicas"
E assim aprendi a ouvir os outros.

Liberei a força dos meus braços para os abraços fraternos e plenos de carinho
E assim senti multiplicado o imenso e doce poder do amor.

Perdi o temor da morte
E assim...
Ganhei a VIDA! 

12/06/13

SER FELIZ E DE BEM COM A VIDA É, ESSENCIALMENTE, AMAR! POR TÂNIA C. O'GRADY FELIPE

AO ESCREVER O QUE VOCÊ LERÁ A SEGUIR, PENSEI MUITO NA MINHA VIDA ATÉ AQUI, NA RELAÇÃO QUE TIVE COM MEU PAI, QUE HOJE, DIA 12/6, FAZ MAIS UM ANO DE SUA IDA PARA O ANDAR DE CIMA... REFLETI TB NA MINHA RELAÇÃO COM MINHA MÃE, MEUS DOIS FILHOS, PARENTES, AMIGOS... E ATÉ DESCONHECIDOS... E É CLARO, COM O MEU QUERIDO MARIDO, DUDU, QUE FEZ ANIVERSÁRIO ONTEM E COM QUEM COMEMORO HOJE, FELIZ, O DIA DOS NAMORADOS.
 
 
12 DE JUNHO, DIA DOS NAMORADOS... CADA DIA MAIS TENHO ME CONVENCIDO DE QUE O AMOR É TUDO O QUE MAIS INTENCIONAMOS E DESEJAMOS NESSA VIDA. QUEREMOS SER AMADOS, MAS TAMBÉM RECONHECIDOS E APRECIADOS. DE VEZ EM SEMPRE, NOS PEGAMOS IDEALIZANDO APRENDER MAIS A NEGOCIAR DIFERENÇAS, A ADMINISTRAR DIVERGÊNCIAS, A INVESTIR MAIS E MAIS NA RELAÇÃO DIALÓGICA E TAMBÉM A PRIORIZAR O COMPANHEIRISMO. PENSO QUE UM CASAL DEVE ESTAR MOVIDO A ATENDER AS SUAS NECESSIDADES EMOCIONAIS, EVITAR NEGLIGENCIAR OS INSTANTES DE AFETO E BUSCAR DEDICAR-SE AMOROSAMENTE À RELAÇÃO; SEMPRE DESEJANDO COMPARTILHAR O CARINHO E A BOA SENSAÇÃO DA ALEGRIA EM ESTAR JUNTOS, ALÉM, CLARO, DE ACEITAR QUE UM BOM RELACIONAMENTO NOS ACRESCENTA E ENRIQUECE. 
E É BEM ISSO, A CADA NOVO DIA, ME CONSCIENTIZO DE QUE UMA VIDA AMOROSA REQUER, ESSENCIALMENTE, O NOSSO DIRECIONAMENTO REAL, PARA ATIVAR E OFERECER O AMOR, NOS BELOS MOMENTOS, BEM COMO NOS INSTANTES MAIS DIFÍCEIS DA CONVIVÊNCIA. O IDEAL MESMO É PERMANECER NO ESPAÇO AMOROSO E PRESERVÁ-LO, INCLUSIVE QUANDO INSTALA-SE O CAOS. AH, E SEM ESQUECER POR UM MOMENTO QUE O AMOR QUE "EU" QUERO COMEÇA EM MIM! 
TENHO PERCEBIDO, COM MUITA CLAREZA, QUE A PARTIR DO MOMENTO EM QUE ESCOLHO ME CONCENTRAR NO QUE É BELO E PRECIOSO, PASSO A ENXERGAR MUITO MAIS E MELHOR, TANTO A BELEZA QUANTO O AMOR. E DAÍ  ENTÃO, PODEREI TRANSFORMAR UM POUCO O MUNDO COM AS ESCOLHAS MÍNIMAS QUE RESOLVI FAZER NA ESTRADA AMOROSA DA VIDA E QUE, CERTAMENTE, OPORTUNIZAM PASSOS FUNDAMENTAIS NO CAMINHO DO AMOR QUE NOS É PRESENTEADO, REALIZANDO UM PERCURSO MAGNÍFICO NESSA JORNADA ESPETACULAR QUE TRILHAMOS AQUI NA TERRA. 
AO AMAR, DESFRUTAMOS EXPERIÊNCIAS INCRÍVEIS, COMO ACEITAR SEM JULGAR. E SOMENTE QUANDO COMPREENDEMOS O QUE ACONTECE, É QUE ENXERGAMOS COM MAIS LUMINOSIDADE E CLAREZA OS CAMINHOS DA VIDA. 
É INTERESSANTE QUE COM NOSSAS ATITUDES E PALAVRAS, EXPRESSAMOS O NOSSO AMOR, DANDO AO OUTRO O QUE É FUNDAMENTAL PARA ELE, POR QUE SOMENTE ASSIM O AMOR PODE SER PLENAMENTE SENTIDO E PERCEBIDO. 
OUTRO FATOR FUNDAMENTAL NESSA HISTÓRIA LINDA QUE É "AMAR", É O SEGUINTE: QUANDO SABEMOS AMAR COERENTEMENTE, COSTUMAMOS PERMITIR VER A QUEM AMAMOS CRESCER NO SEU PROCESSO, DO SEU JEITO E AINDA CEDEMOS O ESPAÇO RECEPTIVO PARA ESSE CRESCIMENTO. INCRÍVEL ISSO, NÃO É MESMO?
É BOM LEMBRAR QUE DEVEMOS APRENDER A AMAR NO OUTRO O QUE NÃO GOSTAMOS EM NÓS. DIFÍCIL? E COMO! PARA ISSO É PRECISO OTIMISMO... UMA BOA DOSE DE PACIÊNCIA E EM MUITOS, MAS MUITOS  CASOS MESMO, O EXCESSO DE TOLERÂNCIA!!! TUDO ISSO PARA UM BELO DIA DESCOBRIR QUE APENAS QUANDO DESPERTARMOS DE NOSSOS SONHOS E INÚMERAS IDEALIZAÇÕES, SÓ QUANDO ABANDONARMOS NOSSAS PROJEÇÕES E DESEJOS É QUE ESTAREMOS PRONTOS PARA AMAR DE FATO E VERDADEIRAMENTE ALGUÉM. 
A GRANDE DESCOBERTA É COMPREENDER, REALMENTE, QUE AMAR É QUANDO ESCOLHEMOS QUERER SEMPRE O MELHOR PARA NÓS E PARA QUEM AMAMOS, ALÉM DE PERCEBER O AMOR COMO AÇÃO E NÃO COMO REAÇÃO. PARA ISSO ACONTECER, MUITAS VEZES LEVA UM TEMPO IMENSO.
INTERESSANTE É CONSTATAR QUE AÍ FICAMOS ANTENADOS E NOS DAMOS CONTA DO QUANTO É FUNDAMENTAL CURTIR A SATISFAÇÃO PELO QUE POSSUÍMOS E TAMBÉM O PRAZER DO QUE CONQUISTAMOS, E, FINALMENTE, DEIXAMOS DE LADO AQUELA PRIORIDADE RIDÍCULA, QUE INÚMERAS VEZES DAMOS, PARA A FRUSTRAÇÃO DO QUE NOS FALTA. 
É CLARO, EVIDENTE E ÓBVIO QUE ALGUNS DE NÓS, MAIS EVOLUÍDOS, E/OU MADUROS, PREFEREM ACOLHER TODAS AS MÍNIMAS ALEGRIAS QUE O COTIDIANO NOS CONCEDE, EM NOSSA ROTINA, E ASSIM PASSA A VALORIZAR ACONTECIMENTOS SIMPLES E PRECIOSÍSSIMOS, PELO FATO DE POSSIBILITAR APRENDIZAGENS MÚLTIPLAS E SIGNIFICATIVAS. O QUE É MUITO BACANA NESSA TRAJETÓRIA TODA É TAMBÉM, QUANDO PASSARMOS A TER UM DESEJO PROFUNDO DE INVESTIR EM QUEM AMAMOS, AJUDANDO NO QUE FOR PRECISO. ISSO É LINDO! É NESSE MOMENTO DE INTENSA DEDICAÇÃO QUE REVELA-SE UMA SINTONIA DURADOURA NA FORMA DE AMAR, INDISCRIMINADAMENTE, SEM CONDIÇÕES, NEM EXIGÊNCIAS. O QUE É FENOMENAL!  
E NA CAMINHADA VAMOS APRENDENDO... SEI BEM QUE TUDO AQUILO QUE RECEBE MAIS ATENÇÃO E CUIDADO, EM COMPENSAÇÃO SE DESENVOLVE MUITO MELHOR. AMAR É MESMO UMA APRENDIZAGEM DIÁRIA. E DENTRE APRENDIZAGENS FÁCEIS E DIFÍCEIS, RECONHECEMOS NUM DETERMINADO DIA QUE PERDOAR, É NÃO EXPULSAR O OUTRO DO NOSSO CORAÇÃO. É DESAPEGAR-SE DA MÁGOA. MAGNÍFICO APRENDER ISSO, MESMO QUE AOS TRANCOS E BARRANCOS.  
GENTE, AMAR É UMA ARTE, JÁ DISSERAM ISSO, MAS PENSO SIM, QUE NÓS ARTISTAS VETERANOS OU NOVATOS, PODEMOS MUDAR O MUNDO, PORQUE NÓS SOMOS O MUNDO. PENSANDO ASSIM, FICA MAI FÁCIL? TOMARA, PORQUE A VERDADE É QUE QUALQUER MUDANÇA EM NÓS TRAZ UMA TRANSFORMAÇÃO PARA O MUNDO. E AÍ PERCEBEMOS AO TRILHAR ESSA ESTRADA... PARA BEM AMAR BASTA QUE PERMITA VER O OUTRO COMO “VOCÊ”, E ASSIM CONSTATAR QUE O AMOR SE REVELA E AÍ FLORESCE E SE FORTALECE. AMAR É VIVER BEM A VIDA! 
DEPOIS DE MUITO PERCORRERMOS EM BUSCA DE RESPOSTAS SOBRE O AMOR E SOBRE AMAR, VAMOS DESCOBRINDO QUE O AMOR PRECISA DEIXAR DE SER UMA PALAVRA PARA QUE TORNE-SE VERBO, OU SEJA, A AÇÃO QUE PRATICAMOS. 
GOSTO MUITO DO QUE SÃO PAULO DIZ EM SUA EPÍSTOLA: "AQUELE QUE EXERCE O AMOR NÃO PRECISA SE DEFENDER E ALCANÇA A PLENITUDE DE SEU SER NA DOAÇÃO". NADA MAIS PERFEITO! E LEGAL TAMBÉM É QUANDO VAMOS SENTINDO CADA DIA MAIS QUE TODOS NÓS QUEREMOS MESMO É SER AMADOS E ACEITOS, ATRAVÉS DA COMPREENSÃO E DO ACOLHIMENTO. SIMPLESMENTE DESEJAMOS A ATENÇÃO DO OUTRO, AQUELE COM QUEM, GERALMENTE, UM DIA CONCORDAMOS EM CONVIVER. 
TENHO COMPROVADO QUE QUANDO O NOSSO CORAÇÃO ESTÁ RECHEADO DE GRATIDÃO FICA MUITO MAIS CLARO VER TODOS OS PRIVILÉGIOS (PESSOAS E COISAS) QUE ESTÃO NO MEU ENTORNO E PERCEBO QUE ISSO FACILITA A ARTE DE AMAR, A SI E AO NOSSO PRÓXIMO. NOTO O QUANTO ISSO É COMPENSADOR! 
AH, SINTO TAMBÉM QUE A SOCIEDADE NOS COBRA A FELICIDADE URGENTE, MAS CONCLUO QUE NÃO SOMOS CONSTANTEMENTE FELIZES, MAS PODEMOS SIM, ESCOLHER E MERGULHAR NUMA VIDA EM PERMANENTE ESTADO DE AMOR E DE CUIDADO, TANTO ESTÁVEL QUANTO CONTÍNUO. 
RELEMBRO AGORA QUE UM DIA LI EM UM LIVRO ALGO SOBRE FELICIDADE, E GOSTEI TANTO QUE PARA REALMENTE ASSIMILAR, RESOLVI ESCREVER NUMA AGENDA PRA EVITAR ESQUECER OU PERDER, E DIZ O SEGUINTE: “A FELICIDADE É SEMPRE UM SUBPRODUTO. NÃO ADIANTA PERSEGUIR A FELICIDADE. SÓ SE É FELIZ PRATICANDO A BONDADE. AS PESSOAS MAIS FELIZES QUE CONHEÇO NEM TÊM CONSCIÊNCIA DISSO. SÓ PENSAM EM SER BONS VIZINHOS, SOLIDÁRIOS, PRESTATIVOS. E, ENQUANTO ESTÃO OCUPADOS FAZENDO O BEM, A FELICIDADE ENTRA DE MANSINHO PELA PORTA DOS FUNDOS.” MARAVILHOSA DEFINIÇÃO! 
NESSA JORNADA AMOROSA, LEVAMOS TEMPO, MUITO TEMPO, ÀS VEZES, CAPTURANDO UMA FELICIDADE FANTASIOSA, REPLETA DE EXPECTATIVAS IRREAIS, ENQUANTO PODERÍAMOS ESTAR APROVEITANDO A FELICIDADE QUE ESTÁ ALI, DIANTE DE NÓS, TOTALMENTE AO NOSSO ALCANCE. 
E É SOMENTE QUANDO TEMOS AMOR-PRÓPRIO E AUTO-ESTIMA QUE SOMOS CAPAZES DE AMAR E ENTREGAR NOSSAS EMOÇÕES E SENTIMENTOS,  AÍ ENTÃO, PROVAVELMENTE, DESPERTAREMOS O AMOR GENUÍNO. 
“AMAMOS QUEM NOS ACEITA COMO SOMOS, FAZENDO COM QUE NOS TORNEMOS MELHORES. AMAMOS QUEM REFLETE UMA IMAGEM NOSSA QUE NOS AGRADA. AMAMOS QUEM É CAPAZ DE DESPERTAR NOSSAS ENERGIAS EMOCIONAIS E CRIATIVAS ATÉ ENTÃO ADORMECIDAS. AMAMOS QUEM AJUDA A NOS TRANSFORMARMOS EM PESSOAS AMOROSAS.” HAROLD KUSHNER -  ADORO ESSA CITAÇÃO! 
E ATRAVESSANDO A VIDA NESSE PERCURSO AMOROSO-AFETIVO DO COTIDIANO, DE REPENTE, NOS VEMOS REAGINDO DE FORMA NOVA: QUEBRANDO BARREIRAS E PRECONCEITOS, VAMOS NOS DISTANCIAMOS DA INFLEXIBILIDADE, DA PERSEGUIÇÃO AO OUTRO, DE INSISTIR NA PERSISTÊNCIA POR PESSOAS PERFEITAS E IDEAIS, PARA ENTÃO NOS APROXIMARMOS DOS QUE SÃO DIFERENTES DE NÓS. E PERCEBO QUE É SOMENTE AÍ QUE, SURPREENDENTEMENTE, NOS REVELAMOS MUITO MAIS DISPOSTOS A AMAR. 
SABEMOS QUE É MUITO FÁCIL AMAR OS QUE NOS AGRADAM E SATISFAZEM OS NOSSOS DESEJOS, BEM COMO OS QUE NOS RECONHECEM, ELOGIAM, VALORIZAM E SE DEDICAM A NÓS. 
É PRUDENTE NOS RECORDARMOS DE QUE O AMOR É UM PROCESSO CONTÍNUO DE CONSTRUÇÃO QUE FAZEMOS AGORA, NO MOMENTO VIVIDO, É O NOSSO “PRESENTE”; O QUE FICOU É PASSADO, OU SEJA, LEMBRANÇA E SAUDADE; O QUE PENSAMOS E ALMEJAMOS CONQUISTAR É FUTURO, OU SEJA, PURA IMAGINAÇÃO, FÉ, EXPECTATIVA E ESPERANÇA. 
CONTINUO NO TRAJETO AMOROSO DESSA VIDA, CONVENCIDA DE QUE O AMOR SE NUTRE DA FELICIDADE MOMENTÂNEA E NOS SUPRE DEFINITIVAMENTE, NESSE INSTANTE VITAL. AGORA, JÁ... NÃO É ACONSELHÁVEL DEIXAR PARA AMAR AMANHÃ, DEPOIS DE AMANHÃ... É SIMPLES ASSIM, O AMOR... 
E O MELHOR, O QUE É TUDO DE BOM E LINDO MESMO É TER A CONVICÇÃO QUE SER FELIZ E DE BEM COM A VIDA É, ESSENCIALMENTE, AMAR!

CONHECENDO ITA PORTUGAL





Eu sou assim mesmo, tenho o gosto de inocência em minha boca. Quero tudo ao mesmo tempo e não me conformo com respostas pela metade. Esta minha mania de querer explicação pra tudo já me rendeu algumas dores de cabeça. Mas é assim mesmo, eu gosto de puxar o fio da meada, dar os nós, tecer os fios e fazer a colcha.
Gosto de gente por inteira e que como eu, muda sempre que for preciso, mas nunca se dá pela metade. Espere sempre isso de mim.
Alegria pra mim tem que ser completo, o choro tem que ser as bicas. Sou exagerada por natureza, por isso se for me abraçar que seja bem forte e bem intenso. Meus sonhos são imensos e se misturam com realidade de tal forma que me atrapalho.
Não me traga questões complexas, pois costumo tentar definir e decifrar ao mesmo tempo, mas meu limite é pequeno; se não resolvo na hora, costumar deixar em um canto.
Cuidado comigo, sou bruta e não aceito grosserias. Costumo revidar, mas não com a mesma moeda, revido com a minha que pode ser o silêncio ou um largo e atrapalhado discurso. Sou também meio bicho do mato, gosto do meu canto, por isso posso sair por ai, mas voltar depressa para meus cheiros, meus lençóis, meu refúgio. Sou também cheia de projetos, desde fazer uma viagem à África por uma boa causa social, escrever um livro, que, aliás, nunca comecei, até criar uma ONG.
Nada me amedronta, nem a distância, nem a lonjura, aliás, me amedronta o egoísmo, a inveja, a maldade, a dureza do coração. O resto eu vou levando, nem sempre com o jeitinho que eu gostaria, mas levo.
Queria ser melhor, mas faço o que posso. Apesar de tudo, meu coração é de açúcar. Se brigo, no mesmo instante me arrependo e volto atrás. Gosto muito de tocar o coração e da mesma forma um afago me derrete.
Um dia estou triste e no outro novinha em folha e ainda me emociono com flores, carinho, bondade, amor. Experimente me entender, neste emaranhado de coisas.
Para mim o mundo é pequeno e nada me amedronta. E eu ainda acabo acreditando que o pra sempre é de verdade e o nunca mais, ilusão.





O mundo que me cabe
Eu carrego o mundo onde não cabe nos meus sonhos. Carrego as doçuras, mas também as indecisões. Carrego alegrias que se misturam com as dores. E é disso que minha vida é feita, de tudo e mais um pouco e eu me esbaldo nestas coisas e fico tecendo uma colcha que me defina.
Tenho uma alma criança e vou continuar assim. Gosto de abraços apertados, sentir a alegria por completo, inventar o mundo, reinventar amores, misturar os sonhos em realidade.
Gosto de tudo ao meu modo e assim reinvento e costuro todos os meus pensamentos. O simples me fascina, o difícil me aborrece. Para mim o mundo é enorme e não entendo como as coisas envelhecem e o planeta gira e o amor daqui é igual em todo lugar. Bom, entender eu até entendo, mas algumas coisas eu acho complicadas demais, por exemplo: como pode o mar ser tão grande, o mundo ser colorido e o sol aparecer justamente quando a lua vai embora?
Quem inventou a saudade? Como se faz para tocar a alma? Tem coisas que para mim precisam ter explicações, mas também se não tiverem vou continuar tentando entender. Tenho um coração maior do que eu, maior que meus sonhos. Parece que ele mesmo nem cabe em mim. Nunca sei a altura de minha risada quando estou feliz nem o tamanho de meus sonhos. E por falar em sonhos, sonhos pra mim é aquilo que vou realizar quando eu rabiscar meus desejos no papel e eles saírem correndo direto para meu coração. E olha que tenho muitos sonhos que rabisco, leio, releio, prego na parede para eu olhar todos os dias e lembrar que ali estão os meus desejos mais secretos.

Se
Se
Se eu correr, me acompanhe. Se eu esmorecer me apoie. Se eu tentar desistir, não me deixe.
Se a alegria me faltar em alguns momentos, faça riso. Se eu tiver dúvidas me dê razões para eu confiar. Sobretudo se eu disser, preciso de ti, fique, porque é de ti que eu realmente preciso.





Tenho pavor de não ser eu. Precisar esconder as emoções, ficar calada porque é mais bonito. Esperar a conquista acontecer.
Não ando mais a fim de grandes projetos, sonhos, metas absurdamente altas, objetivos loucos.
Quero mais é tomar sorvete e me lambuzar, ler um bom livro, sair de cabelo molhado e cara lavada e nem me importar se alguém estranhar isso.
Ando com vontade de viver o exagero da simplicidade





Imperfeita
Eu já o deixe ir quando na verdade eu queria que ele ficasse, aliás eu pedi que fosse.
Eu já chorei todas as dores, todos os amores e todas as angústias. Pensei que não ia passar, mas passou.
Eu já tentei posar de perfeita, mas deu tudo errado e consegui me recompor.
Eu já andei por caminhos que eu tinha certeza. Até que eu percebi que estava na trilha errada.
Eu já procurei mil motivos para ser feliz e os motivos eram tão repen- tinos que passavam.
Hoje, eu sei com absoluta certeza de que não há nada de errado comigo. Sou imperfeita na tentativa de acertar.




Não quero perder meus sonhos. Não posso deixar o vento levar as ilusões.




Dois em um
Ela; quase bonita, quase comum, de cabelo normal,geométrica, tipo mignon, ora alegre, ora triste, espécie maternal, romântica, pés no chão, pés na lua, noturna, complicada, simples,musa de si mesma e tudo o que se pode acrescentar de um ser aparente sensível e sem méritos para nenhum destaque em livro de recordes.
Ele: quase forte, quase decidido, só às vezes romântico alto o suficiente, quase bonito, moreno como estava previsto pra ser, esquecido, lunático, panturrilhas, couro cabeludo, coração, tudo onde deveria estar. Ora sozinho, ora por ai.
Encontro, olhares, conversa café, outro gole, gosto musical, sintonia, risadas, pés, mãos entrelaçadas, olhares de novo, piscadinhas, concordância, fim de noite, cupido, conversas, beijos, carro, apartamento, desejos, roupas no chão, química, cheiro, pele, gosto, respiração, sentimento, teto, céu, afeto, ombro, colo, silêncio.
Isso também era amor.





Por enquanto
Por enquanto eu estou aqui. Não necessariamente no mesmo lugar, pois dei algumas voltas, troquei a posição, troquei as flores, mudei de roupa. Mas estou na mesma área, pelo menos ainda resido no raio dos poucos quilômetros afetivos que nos pertencia.
Ainda estou aqui, sem demarcar fronteiras, cantando todas as canções e por acaso com o mesmo sentimento personalizado, ironicamente agora sentido, à prestação. Ainda tenho algumas edições de saudade, apenas algumas. Estou em fim de temporada, mas ainda resta uma sutil ilusão.
Por enquanto ainda funciona a minha invenção de que a gente se queria e por isso ainda rola algumas canções, algumas fantasias. Pelos últimos acontecimentos, ou seja, pela falta de acontecimentos, eu presumo que pouco vou me demorar neste mesmo lugar e se resolver chegar, que seja bem depressa porque meu coração pode ficar audacioso e tomar outro rumo sem nenhum enunciado. Ainda estou, mas se eu for, é porque precisei me refazer e estacionar em outro lugar.




O AMOR MODERNO
Fragmentos do texto: O amor moderno
o amor moderno tem consultório que geralmente custa muito caro.
O amor moderno quando tem crises, vai ao terapeuta. O terapeuta que não tem nada a ver com isso, prescreve um livro de auto-ajuda, marca a próxima consulta e manda cada um pra sua casa.
O amor moderno mesmo, divide bens em advogado, paga pensão, faz escala de visitas para as crianças, decide as férias que geralmente não é coletiva.
Quando o amor é super moderno,depois de juntar os trapinhos, pede-se um tempo para outras experiências. Amor moderno que se respeite e que tem status, discute a relação por e-mail porque é mais rápido.
Amor atual é aquele cheio de compatibilidade tal como dois banheiros.
Amor que é amor, mata-se em nome dele. E tudo bem, ficamos assim combinados porque moderno eu não quero ser




Solidão é quando você não tem de de quem sentir saudades




POR QUE O MOÇO NÃO RESPONDEU SEU EMAIL ?
Em plena era da tecnologia, onde tudo parece mais fácil e rápido, você se pergunta: Porque o moço não respondeu o e-mail? Não era spam, não era desaforo, nem vírus. Era o seu e-mail, bem sutil e com saudades.
No excessivo suor de sua saudade, existia um e-mail. Até você chegar a este ponto, levantou um ar de abuso nos seus sentimentos, mas a pergunta continua. A esta altura, você já ouviu todas as canções para relembrar do moço e suas articulações passam da tensão ao relaxamento.
Da saudade a indagação, tem um maldito e-mail não respondido.
Seus botões até pensam por você. Pensam no dia do “cinema esquecido”, nos carinhos comedidos e a lista vai crescendo. Do e-mail que mandou, agora você deseja, se fosse uma carta, rasgar. A razão toma conta e a lista continua crescendo. O celular desligado, o sms sem resposta. Nesta seleção o e-mail até parece uma fichinha. Bom, já mandou, agora não pode fazer mais nada.
Mas você promete de pés juntos, jura, faz promessas e tudo que é digno de um cristão não praticante fazer: se ele responder, de propósito não vai dar atenção. Ainda mais, você olha para seu coração e diz: nunca mais!
O amor e o ódio se revezam entre o e-mail não respondido, a resposta desejada e o esquecimento que precisa acontecer no seu coração.
O tempo avança e nada do sujeito. Tudo bem- pensa você, chorando até quase morrer- eu já não me importava com aquele tolo. E você vai vivendo com cada pisada, que o sujeito te deu e nenhum palavrão é capaz de traduzir.
Suprimindo as incontáveis vontades de esmurrar, xingar, receber uma resposta, você vai vivendo, ou melhor, vai morrendo por dentro. Trezentos “nãos”, agora fazem parte do seu imenso vocabulário para o sujeito que também “não” correspondeu aos seus anseios. Até que um belo dia, você abre o seu correio eletrônico e está lá, um email: eu também tenho saudades. Curto, objetivo e definitivo.
Você pensa alto: não é que meu amor, respondeu!
Bastaram dois segundos e tudo mudou. Telefona, manda outro e-mail, preenche as lacunas de saudades, remenda o coração e se convence de que ele é o homem de sua vida. E que porra de vida. Fazer o que?



"Os sonhos acabam onde a fé permanece.
Sem fé não há esperança, sem sonhos não há ilusão.
Abençoados são aqueles que possuem fé nos seus sonhos.
Abençoados são os que mesmo sem sonhos, possuem a fé."



"Não é necessário melhorar a aparência, adquirir muita cultura, aumentar o salto do sapato, levantar mais o nariz. Precisamos diminuir o barulho, caminhar mais devagar, prestar atenção em quem chega, abaixar a cabeça e colocar a humildade pra funcionar. Somos grandes, quando somos pequenos."