Número total de visualizações de página

03/12/10

Estar no Agora - Cláudio Azevedo

Sempre que me percebo vivendo o agora
Na mesma perspectiva do ontem
Esqueço de perceber o novo.
Preso num raciocínio de retaliações históricas,
Deixo de criar possibilidades de ser diferente.
Vivendo um pânico de um futuro sombrio,
Esqueço de no presente vibrar a paz.
Eu sou mudando... O homem é um vir a ser...
Por que não me construir a cada momento?
Fazer uma escolha diferente?
Descobrir que algo não funcionou direito e
Redirecionar meu caminho?
Deveria construir a cada momento o meu presente...
Enxergar o que está acontecendo.
Pois aquilo que é, no segundo seguinte pode deixar de ser.
Por que invadir o espaço dos outros
Ou deixar que invadam o meu?
O ajuste é constante, no estabelecimento de fronteiras.
Pois tudo é impermanente...
O processo de existir é um crescimento e mudança contínuos. 
Qual a minha capacidade de acolher o outro?
O diferente?
Como buscar a unidade na diversidade
Para acolher o todo, que contém todas as diferenças? 
O homem é um ser de escolha, responsável pela vida.
É autor e ator de sua existência.
A mudança ocorre quando, paradoxalmente,
O indivíduo se torna o que ele é...
(teoria paradoxal da mudança).
Se estamos conscientes, podemos a cada momento escolher (intenção).
Se escolho, sou responsável, sou um ser histórico.
O que está acontecendo, como está acontecendo,
PARA QUE ESTÁ ACONTECENDO?
Se a cada momento percebo o que me cabe,
E faço a minha parte
Contribuo para a evolução planetária, pois
Se sou responsável por mim, sou responsável pelo todo.
Meditar não é feito somente estaticamente,
Meditar é viver a plenitude, do levantar ao deitar,
escovar os dentes, vestir-me, comer, trabalhar:
VIVER O PRESENTE.
Observar tudo o que passa conosco, saborear. 
Pois...
O passado só serve se o olharmos com a perspectiva futura do ainda não realizado.

Sem comentários:

Enviar um comentário