Número total de visualizações de página

29/11/10

UMA MENTE, DOIS CÉREBROS... PPS

RECEBI  ESSA  CURIOSA  CONTRIBUIÇÃO  DO  CHIQUINHO  E JÁ  POSTEI!

UMA MENTE, DOIS CÉREBROS...

  • Durante as últimas duas décadas se tem tratado de entender a origem do PROCESSO CRIATIVO.
  • Foi perguntado a mais de 10.000 pessoas exatamente esta pergunta: DE ONDE OBTENS SUAS MELHORES IDeIAS?
  • As respostas foram surpreendentes, especialmente considerando todo o tempo do dia que as pessoas passam no seu trabalho.
  • Quanto obtens suas melhores ideias?
  • 97% disseram:
  • Durante o banho.
  • Antes de dormir.
  • Quando não faço nada.
  • Quando caminho.
  • Conversando.
  • Meditando.
  • Analizando.
  • Nas férias.
  • Tomando vinho.
  • Em outras atividades diversas...
  • 3% disseram:
  • No trabalho.
  • Por que isso acontece?
  • "Temos mais de um cérebro".
  • Um "faz nosso trabalho" e o outro se encarrega de gerar idéias creativas que não tem nada a ver com o trabalho.
  • PLATÃO foi o primeiro a postular, no mundo ocidental, a idéia de que há dois aspectos distintos na mente humana.
  • A um desses aspectos chamou "LOGISTIKON", a parte racional do ser humano.
  • Ao outro chamou "NOUS", a parte intuitíva das pessoas.
  • No Mundo Ocidental, a maioria das pessoas não tinham idéia do que Platão queria dizer com a sua teoria dos dois cérebros e basicamente a ignoraram por centenas de anos ou mais.
  • Em contrapartida, no Oriente, as pessoas entenderam os princípios do lado esquerdo e direito do cérebro à sua própria maneira.
  • Depois, veio a ERA DA RAZÃO, seguida da ERA CIENTÍFICA, e agente começou a ter curiosidade de acerca do que fazia que as coisas funcionassem... inclusive o cérebro.
  • No século XIX, os cientistas começaram a especular a respeito, até que se deram conta de que o cérebro parecia estar composto por duas metades ou "HEMISFÉRIOS", os quais provavelmente controlavam diferentes aspectos do organismo humano.
  • Com o passar do tempo, uma série de teorias começaram a ser criadas sobre os "DOIS CÉREBROS"... muitas das quais estavam dentro do que Platão havia definido há 2.000 anos...
  • O lado ESQUERDO está associado com o intelecto, e está relacionado com o pensamento convergente, abstrato, analítico, calculado, linear sequencial e objetivo.
  • Se concentra no detalhes e nas partes de um todo.
  • Este lado produz pensamentos que são diretos, verticais, sensíveis realistas, frios, poderosos e dominantes.
  • Os engenheiros tem fama de usar esse tipo de pensamento...
  • O lado DIREITO está associado com a intuição e está relacionado com o pensamento divergente, imaginativo, metafórico, não-linear, subjetivo e se concentra no todo das coisas.
  • Este lado produz pensamentos que são flexíveis, divertidos, complexos, visuais diagonais, místicos e abstratos.
  • Os artistas, músicos, inventores e empreededores tem fama de usar este tipo de pensamento (junto com alguns dos rebeldes companheiros seus de trabalho, dos quais VOCÊ pode ser um deles...).
  • Quando uma pessoa está no trabalho, a maior parte do tempo usa o lado ESQUERDO do cérebro. Se concentra nos detalhes, em tratar de encontrar o problema, em tratar de obter informações e efeitos.
  • Lógica, praticidade e ordem são as leis do dia.
  • Afinal, isto não é tão mau, já que uma vez que o lado ESQUERDO do cérebro faz o seu trabalho, todo o "trabalho pesado". Aí o lado DIREITO pode emergir e criar uma idéia totalmente diferente, uma possibilidade fora dos padrões estabelecidos.
  • Mas deve-se tomar em conta que o lado DIREITO é "tímido"... Não chegará e se porá a fazer o que tão bem sabe fazer...
  • Necessita ser convidado a funcionar.
  • Convidamos o lado DIREITO do cérebro a funcionar fazendo atividades que ele controla, como por exemplo:
  • 1-Sair para passear. Vá caminhando, dar uma volta, inclusive pular ou correr.
  • Quando seu corpo se move, seu lado DIREITO se ativa.
  • Sabia que Mozart fazia exercícios antes de compor?
  • 2-Escutar música ou melhor ainda, toque... especialmente música sem letra ou cantada numa lingua que você não entenda.
  • Yokimura Nakamatsa, inventor japones com mais de 2.000 patentes registradas, escuta a nona sinfonia de Beethoven antes da fase de execução de seus projetos.
  • 3-Desenhe ou faça esculturas, pinte ou faça algo assim. Faça representações visuais do seu objetivo ou ideia.
  • 4-Use o humor "Ahá" e "ha, ha, ha" estão muito conectados. O riso libera da tiranía da lógica e da linearidade.
  • 5-Mude o seu look. Mude o aspecto do seu espaço de trabalho, mas respeitando as normas de onde trabalha.
  • Pregue posters inspiradores.
  • Reordene sua estante.
  • Mova qualquer coisa que renove a "ordem" de sempre.
  • 6-Visualize a solução que tanto está trabalhando para encontrar racionalmente. (Veja com os olhos da mente...)
  • "Raramente penso só com palavras". (Albert Einstein)
  • 7-Saia do problema.
  • Não faça nada.
  • Reflita.
  • Medite.
  • Interiorize.
  • Por que relutamos em ativar nosso lado DIREITO do cérebro?
  • 1-Para não ter que esperar até sair do trabalho para ter uma idéia.
  • 2-Para não ficar limitado a somente o racional e linear do lado ESQUERDO.
  • A VERDADE É:
  • Necessitamos de ambos. Do lado ESQUERDO e do lado DIREITO.
  • O truque é saber como mover fluidamente de um lado para o outro com facilidade.
  • Funções do lado ESQUERDO do cérebro:
  • Emprego de lógica ou orientando a detalhes baseados em feitos.
  • Palavras e linguagem presente e passado.
  • Matemática e Ciência.
  • Poder compreender.
  • O conhecimento.
  • Reconhecer Ordem/percepção de modelos.
  • Conhecer o nome de objetos baseado na realidade.
  • Formas de estratégias
  • Prático.
  • Seguro.
  • Funções do lado DIREITO do cérebro:
  • Usar os sentimentos.
  • Orientar a ver o panorama geral.
  • Imaginativo.
  • Símbolos e imagens.
  • Presente e futuro.
  • Filosofia e Religião.
  • Pode ampliar.
  • Crê.
  • Aprecia.
  • Percepção espacial.
  • Sabe função dos objetos baseado na fantasia.
  • Apresenta possibilidades.
  • Impetuoso.
  • Assume riscos.

Sem comentários:

Enviar um comentário