Número total de visualizações de página

25/03/11

UM "TOC" NA CUCA - Roger Von Oech

  LEIA E CONHEÇA UM POUCO DO LIVRO... ALTAMENTE RECOMENDÁVEL!

1. Introdução
Um "toc" na cuca é um livro que fala sobre 10 bloqueios mentais que impedem as pessoas de serem inovadoras. Com sua experiência como consultor de pensamento criativo, o autor ensina como acabar com estes bloqueios.
Manual para treinamento em criatividade e reciclagem de pessoal. O autor detecta os bloqueios mentais que inibem as atitudes inovadoras e usa recursos de humor para estimular as pessoas que temem errar e caem na rotina.
Apontando os dez bloqueios mentais que mais inibem o pensamento inovador, UM "TOC" NA CUCA mostra como abrir a cabeça para abordagens originais e inusitadas. Com dicas, histórias divertidas, exercícios, jogos, piadas, brincadeiras e exemplos instigantes, este é um manual que estimula a inventividade de cada um. Seja para organizar uma festa ou cuidar dos filhos, seja para gerir uma empresa, comandar equipes ou trabalhar em publicidade.


2. " A resposta certa "
O hábito de procurar sempre uma resposta certa acarreta conseqüências na nossa maneira de pensar e enfrentar os problemas.
Para ser criativo, é preciso buscar a segunda resposta certa. Busque obter o maior numero possível de respostas a tudo. Amplifique suas idéias.



3. " Isso não tem lógica"
A lógica é um importante instrumento de criação, porém, quando se está procurando idéias, o excesso de raciocínio lógico pode provocar um curto-circuito no processo de criação. Isso por que a fase germinativa é governada por uma lógica diferente: metafórica, fantasiosa.
Exemplos de Metáforas na administração:
  • Invadir o mercado;
  • Esvaziar o caixa;
  • Patrimônio liquido;
  • Solvência;
  • Liquidez;
  • Depósitos;
  • Cheque sem fundo;
  • Juros flutuantes;
  • Preços congelados;
  • Nadar em dinheiro;
  • Conta corrente;
  • Fluxo;
  • Afundar a empresa;
  • Margem de lucro;
  • Níveis de preços;
  • Injetar capital;


4. " Sigas as normas"
"Todo ato de criação é, antes de tudo, um ato de destruição" Picasso
Copérnico quebrou a regra de que a Terra se encontraria no centro do Universo.
Napoleão rompeu as normas sobre a forma adequada de se fazer uma campanha militar.
Beethoven desobedeceu às leis que indicavam como uma sinfonia deveria ser composta.
Todos os avanços nas áreas de ciência, tecnologia, arte, medicina, marketing... Aconteceram quando alguém questionou as regras e tentou uma nova abordagem.
"Conteste as normas"


5. "Seja prático"
O mundo é feito por pessoas práticas, que sabe entrar no estado germinativo, ouvir sua imaginação e construir a partir das idéias encontradas.
Pergunte " e se ..." para estimular novas respostas.
E se fosse azul?
E se eles não gostarem?
E se fizermos diferente?
E se adicionarmos isto?
"Permita-se novos rumos"


6. " Evite ambigüidades"
Procure uma segunda resposta.
Tire vantagens da ambigüidade.


7. " É proibido errar"
Esse bloqueio é afirmado durante todo nosso desenvolvimento: Sempre há uma resposta. ERRE O QUANTO FOR NECESSÁRIO. O ACERTO SÓ VEM POR TENTATIVAS.
Os erros são sinais de que estamos saindo dos padrões. Sair dos padrões é inovar.


8. " Brincar é falta de seriedade"
Brincar é aprender, descobrir, desenvolver um raciocínio. Um ambiente que permite brincadeiras, descontrações é um ambiente divertido e estimulante.
A maneira de você reagir aos outros é também uma forma de "ambiente" criativo. Os debates livres em reuniões, por exemplo, funcionam até certo ponto porque expõem os participantes da equipe a estímulos múltiplos. Mas também inibem a criatividade porque expõem os indivíduos à desaprovação.
Grandes idéias são estimuladas de diversas formas. Utilize dodecaedro para liberar sua criatividade...Liberte sua mente e permita-se novas idéias. Muitas idéias foram criadas construindo "briquedos" , inclusive as idéias do livro.


9. " Isso não é da minha área"
A especialização é um fato da vida, não podemos evitá-la, mas para ser criativo, tente por algumas vezes perder o foco!
Elegemos uma idéia que julgamos ideal e investimos tudo nela, esquecendo que a janela da oportunidade talvez não esteja aberta naquele momento o que acaba por nos levar a desperdiçar boas idéias. O pior é que muitas vezes, você se concentra tanto em uma única idéia que não percebe as coisas acontecendo ao seu redor, não percebe outras oportunidades surgindo, não consegue ver as outras perspectivas que esta mesma idéia pode trazer para ser melhor aproveitada.


10. "Não seja bobo"
"Existem coisas tão sérias que você é obrigado a rir delas" Niels Bohr
Liberte-se da seriedade e permita sua mente criar.

COMO EXERCITAR SUA INSANIDADE!
I - NO ELEVADOR

1) Quando houver só uma pessoa no elevador, de um tapinha no ombro dela e finja que não foi você.

2) Aperte os botões do elevador e finja que eles dão choque. Sorria e faça de novo.

3) Se ofereça para apertar os botões para os outros, mas aperte os botões errados.

4) Deixe cair sua caneta e espere até alguém se oferecer para pegá-la, então grite: "Hei, é minha!"

5) Leve um Banco Imobiliário e pergunte para as pessoas se elas querem jogar.

6) Quando a porta se fechar, fale: "Tudo bem. Não entrem em pânico. Ela abrirá novamente".

7) Mate moscas que não existem.

8) Grite: "Abraço grupal", então force-as.

9) Faça caretas dolorosamente enquanto bate na sua testa e murmure: "Calem a boca, todos vocês, calem a boca!".

10) Abra sua pasta ou bolsa, e enquanto olha dentro, pergunte: "Tem ar suficiente aí dentro?"

11) Fique quieto e parado no canto do elevador, encarando a parede.

12) Encare outro passageiro por um tempo, e grite com horror: "Você é um deles!", e recue devagar.

13) Ausculte as paredes do elevador com seu estetoscópio.

14) Faça barulhos de explosão quando alguém apertar um botão.

15) Encare outro passageiro por um tempo, e fale: "Estou usando meias novas".

II - NO TRABALHO

1) No seu horário de almoço, sente-se no seu carro estacionado, coloque seus óculos escuros e aponte um secador de cabelos para os carros que passam. Veja se eles diminuem a velocidade.

2) Sempre que alguém lhe pedir para fazer alguma coisa, pergunte se quer que fritas acompanhem.

3) Encoraje seus colegas de sala para fazer uma dança de cadeiras sincronizada com você.

4) Coloque a sua lata de lixo sobre a mesa e escreva "Entra" nela.

5) Sempre que alguém lhe falar alguma coisa, responda com "isso é o que você pensa".

6) Termine todas as suas frases com "de acordo com a profecia".

7) Ajuste o brilho do seu monitor para o que o nível dele ilumine toda a área de trabalho. Insista com os outros que você gosta desse jeito.

8) Sempre que possível, pule em vez de andar.

9) Mande e-mails para o resto da empresa para dizer o que você está fazendo.

Por exemplo:"Se alguém precisar de mim, estarei no banheiro, na cabine 3".

10) Coloque uma tela de mosquitos ao redor do seu cubículo. Toque um CD com sons da floresta durante o dia inteiro.

11) Faça seus colegas de trabalho lhe chamarem pelo seu apelido, "Duro na Queda".

12) Fale para o seu chefe "não, são as vozes na minha cabeça".

III- NO DIA-A-DIA

1) No canhoto de todos os seus cheques escreva "Ref. favores sexuais".

2) Pergunte às pessoas de que sexo elas são. Ria histericamente depois que elas responderem.

3) Com cinco dias de antecedência, avise seus amigos que você não pode ir à festa deles porque não está no clima.

4) Ligue para o CVV e não fale nada.

5) Quando sair dinheiro do caixa eletrônico, grite.

6) Ao sair do zoológico, corra na direção do estacionamento gritando "Salve-se quem puder, eles estão soltos!".

7) Na hora do jantar, anuncie para os seus filhos: "Devido à nossa situação econômica, teremos de mandar um de vocês embora".

8) Todas as vezes que você vir uma vassoura, grite "Amor, sua mãe chegou!".



11. "Eu não sou criativo"
Ser criativo significa, antes de mais, uma capacidade para ver os problemas e as questões de um modo diferente daquele que é o habitual; significa a capacidade de romper com a maneira habitual de pensar; significa, podemos mesmo dizer, provocar o nosso próprio sistema de pensamento e questionar aquilo que assimilámos como regra, como o correcto, para daí extrair novos conceitos, novas ideias.
Os mundos do pensamento e da ação se interpenetram. Aquilo que pensamos deve encontrar um caminho e se tornar real.
Um indicador básico é: a observação. Olhar, ver, ouvir e escutar somado com o pensar sem julgar, sentir para agir configuram uma ação de gestor que está atuando na prevenção.
Todos nós temos incríveis experiências perceptivas nos momentos antes de adormecermos profundamente. Dali apenas inventou um meio de agarrar algumas delas. Os pintores trazem sempre consigo seus blocos de desenho. Os inventores e escritores levam blocos de notas ou computadores portáteis, ou tomam notas em guardanapos e papéis de balas.
Todas as pessoas são capazes de criar. Ainda bem que de formas diferentes.
Precisamos de um "toc" na cuca para tentar coisas novas e construir a partir das nossas descobertas.


12. Conclusão
Nesta obra, o autor mostra a verdadeira chave para tornar-se criativo, que está no que você faz com o conhecimento que tem. O pensamento criativo supõe uma atitude, uma perspectiva, que o leva a procurar idéias, a manipular conhecimento e experiência.
Hoje, a capacidade de inovar é mais do que um instrumento profissional: é uma questão de sobrevivência. Por isso, UM "TOC" NA CUCA é um livro essencial. Não só para o trabalho, mas para a própria vida.

Sem comentários:

Enviar um comentário