Número total de visualizações de página

28/09/12

O AMOR CONFERE SENTIDO À VIDA - Kathy Freston

Quando o amor te chamar, segue-o. /Ainda que seus caminhos sejam árduos e íngremes. / E quando tuas asas te envolverem, rende-te a ele, / Ainda que a espada escondida entre suas plumas te possa ferir. / E quando ele te falar, acredita nele, /Ainda que sua voz possa despedaçar teus sonhos como o vento norte devasta o jardim... Todas asas coisas o amor te fará, para que conheças os segredos de teu coração e, com esse conhecimento, te tornes um fragmento do coração da Vida.
KAHLIL GIBRAN, O PROFETA


A pessoa certa. O amor da nossa vida, a realização dos nossos sonhos. Aquela pessoa gloriosa que vai incendiar nossa alma e atiçar nossa paixão pela vida. Acordamos de manhã ao som da canção dessa promessa no rádio e adormecemos à noite com romances e filmes sobre duas pessoas desencantadas que finalmente se encontram e, no processo, fazem do mundo um lugar melhor. Depositamos toda a nossa esperança no dia em que essa será a nossa história. Ansiamos por essa conexão de que ouvimos falar, com toda sua magia, seu mistério e encantamento; queremos ser iluminados e transformados simplesmente por estar na presença daquele "único e verdadeiro amor" enviado pelos céus. Ah, o amor entre almas gêmeas.

O anseio de experimentar esse tipo de felicidade, de participar desse tipo de parceria, está profundamente arraigado. É como se nossas psiques estivessem programadas com o desejo de superar a sensação de que estamos separados um do outro. Encontrar um parceiro e prosperar junto a ele parece ser nossa principal missão, um instinto natural que impulsiona nossas vidas cotidianas e nos move para frente. Pegamo-nos fazendo praticamente tudo para ter essa coisa louca e maravilhosa chamada amor.

Se você já teve uma paixão enlouquecedora ou vivenciou a maravilha da união sexual, sabe que a energia é de outro mundo. É um milagre que faz com que se sinta abençoado e escolhido Quando estamos nos apaixonando, sentimos que estamos sendo atraídos para algo maior do que nós, como se estivéssemos sendo convocados para participar de algo importante que se desenrola dentro de nós e à nossa volta. Podemos sentir que mudamos conforme o relacionamento nos mergulha de cabeça em situações que despertam claras percepções e vislumbres de iluminação. Quando o amor está no ar, encontramo-nos no centro do Universo, com todas as engrenagens da criação em pleno movimento.

Subitamente, lembramos que fomos feitos para transcender nossa vibração mais densa e tornar-nos mais leves. Fomos feitos para derrubar quaisquer barreiras que nos impeçam de sermos felizes e tranquilos. Fomos feitos para tomar-nos cada vez mais conscientes c consequentemente estimular a consciência daqueles à nossa volta. Fomos fei¬tos para tocar uns aos outros profundamente e inspirar a próxima geração de criadores e curadores. E assim o amor romântico — e a busca por ele — desempenha seu papel, despertando-nos para a vida.

Toda vez que você é acalentado pelo amor romântico, está sendo incitado pela Providência a abrir seus olhos para que possa crescer como pessoa. Quando está abobado de paixão ou furioso por causa de uma conexão perdida com a pessoa amada, pode ter certeza de que isto é apenas parte do programa de iluminação. Esse é o chamado para irmos além dos limites de nossos egos individuais e revelar algum aspecto específico de nossa evolução.

O amor pode manifestar-se em tantas situações (em conversas entusiasmadas e animadas, numa relação sexual maravilhosa, em brigas homéricas ou rompimentos tumultuosos, para citar apenas algumas), que nem sempre é fácil enxergar sua mensagem subjacente. Acredito que seja esta: você não alcança o sucesso no amor simplesmente porque encontra um parceiro e fica com ele pelo resto da vida; você alcança o sucesso no amor quando ele lhe proporciona uma maneira de continuar aprendendo sobre si e sobre o mundo à sua volta, tornando-se mais conectado com a unidade de roda a vida, de modo que cada experiência que você tem — seja ela gloriosa, triste ou frustrante — torna-se um fio na teia da sua evolução. O modo como você navega pelas rotas do amor é o que confere um propósito à sua estadia na Terra.
Kathy Freston
Trecho do livro "A pessoa Certa"

Sem comentários:

Enviar um comentário