Número total de visualizações de página

08/05/12

MERDA - CURIOSIDADE: expressão usada no teatro para desejar BOA SORTE


PRIMEIRO COCÔ DA MINHA FILHA, BEATRIZ, FEITO NO PINIQUINHO!!!

GOSTO MAIS DA TERCEIRA VERSÃO, NÃO POR SER DA WIKIPÉDIA...

E SE CHARLES CHAPLIN DISSE QUE: "A vida é uma peça de teatro que não permite ensaios. Por isso, cante, chore, dance, ria e viva intensamente, antes que a cortina se feche e a peça termine sem aplausos," vamos então viver bem, vivamos com alegria a VIDA! Agora... com a melhor das intenções, desejo "merda" a todos.

 

A expressão “merda” usada no teatro surgiu na França, e existem algumas versões da história de seu surgimento.


Primeira Versão:
Um ator iria apresentar a peça mais importante de sua vida, estava nervosíssimo, pois na platéia estariam os mais importantes críticos da cidade. No percurso de sua casa ao teatro encontrou muitos obstáculos. Primeiro, deparou-se com um incêndio, teve que desviar e acabou se perdendo. Como quem tem “boca vai a Roma”, conseguiu chegar ao teatro. Na porta do teatro para completar suas asneiras, pisou em um cocô. Entrou, atuou e saiu muito feliz com a melhor atuação de sua vida.

Segunda Versão:
Uma outra é que numa peça do Molière, um dramaturo francês, os atores achavam que a peça estava mal ensaiada e que seria uma grande merda. Mas ao contrário do que todos esperavam, a peça foi um sucesso. E assim, merda é usada como votos de boa sorte até hoje.

Terceira Versão:

Antigamente as pessoas chegavam aos teatros em carruagens. Quanto mais carruagens, mais merda os cavalos deixavam nas ruas e calçadas. Assim, muitas pessoas entravam no teatro com os sapatos sujos, de merda, e quanto mais merda deixada nos capachos, mais a casa estaria cheia.


Assim, a expressão “merda” tem o mesmo significado de boa sorte e é sempre usada antes das apresentações.
Lembrando que, nunca se deve agradecer com obrigado ou de nada quando alguém lhe desejar “merda”, deve responder apenas “merda” ou ficar calado.


“Merda” é uma expressão frequente no teatro. Seis atores falam de sua relação com a palavra.
Marisa Orth - “Acho que o hábito de se falar merda antes de entrar em cena está ligado ao fato de que o trabalho é meio sujo, temos que lidar com a antivaidade. Se você entrar no palco querendo parecer chique não conseguirá relaxar e fazer o tem que fazer. Para quem está em cena, vergonha pouca é bobagem! Para mim a expressão vem de 'cagada', que significa sorte.”


Gabriel Braga Nunes - "No teatro, a expressão 'merda' antes de entrar em cena significa 'boa sorte'. Dizer 'boa sorte' dá azar. Agradecer quando o colega te diz 'merda' também dá azar. O azar só vale para a apresentação daquele dia, não é cumulativo; e é pessoal e intransferível. Até onde sei, o significado é esse para todos os atores, pelo menos para os que eu conheço. No entanto, já desejei muito 'boa sorte' e agradeci muita 'merda' e nunca fui vaiado em cena. Mesmo assim, é carinhoso ouvir 'merda' da boca do colega."

Dan Stulbach - “No teatro se diz 'merda' para desejar sorte. Faz parte da tradição também nunca agradecer. Ao ouvir 'merda', você responde 'merda', e assim vai. Pelo que lembro, teve início na França. Na Inglaterra se diz 'break a leg', quebre a perna. Nunca desejamos sorte, apenas.”
Camila Pitanga - “Para mim ‘merda’ não tem nenhum significado, merda é merda! Até desejo antes de entrar no palco, mas nunca parei para pensar por quê. Tem gente que diz que pisar na merda dá sorte, acho que pode ser. Achei muito engraçado vocês me perguntarem isso!”

Fernanda Dumbra - “Não uso a expressão 'merda'. Meus amigos muitas vezes me desejam merda antes de entrar em cena, mas eu não tenho esse hábito, nunca digo merda para eles. Confesso que não entendo muito essa expressão, não faço a menor idéia do seu significado. Acho que quer dizer boa sorte, alguma coisa nesse sentido. Mas eu mesma nunca desejei merda a ninguém!”
Guta Stresser - “Desejo 'merda' antes de entrar em cena por dois motivos. Primeiro porque acho que é um mantra, os atores falam isso há muitos anos, é uma coisa que passa de geração para geração. Comecei no teatro aos 13 anos e sempre segui esse ritual. O segundo motivo é porque adoro a lendazinha que explica essa expressão. Ouvi dizer que, uma vez, um ator francês estava indo para o teatro, fazer a peça mais importante da vida dele. Ele estava supernervoso, os críticos mais importantes estariam lá. Só que, no caminho, tudo começou a dar errado. Ele teve que passar por um incêndio, errou o caminho, enfim, quase não chegou. Quando já estava na porta do teatro, ele pisou num cocô, para completar sua péssima situação! O supreendente é que depois de tudo isso e de ter pisado na merda, foi a melhor apresentação que esse ator já fez. Então o que eu entendo é que você tem que desejar merda pra acontecer o contrário, para virar sorte.”

Sem comentários:

Enviar um comentário