Número total de visualizações de página

10/11/10

Ciclo da Evolução - Ser - Autor: Saul Brandalise Jr.


Sabe por que não é aconselhável nivelarmos qualquer verdade como única?
Porque cada um de nós, apesar da semelhança que existe entre os humanos, é único, e ninguém pode ser comparado com outra pessoa. No máximo, existe uma semelhança.

De onde vem esta verdade?

De nossa evolução como Essência. É pura utopia querermos levar as pessoas junto conosco em nossa jornada evolutiva. Cada um tem que viver o seu momento e é seu livre-arbítrio que determina o que nos é salutar e com quais valores vamos conviver.
Dez pessoas lêem um livro e cada uma delas tira uma conclusão, um ensinamento e uma lição. Ninguém vai interpretar e aceitar o que está escrito no livro da mesma forma que o outro. Isso posto podemos afirmar, portanto, que não existe certo ou errado. Existe o momento de cada um.
Passa a ser errado quando alguém ’decreta’ uma verdade e outros a aceitam como norma ou até mesmo como Lei. Obviamente que esta passa a ser uma verdade social, nunca Cósmica.

Somos singulares, únicos e nada se compara a um ser humano. Esta verdade é tão sublime que deveria ser festejada por nós, a partir do momento que a aceitamos como possível.
Sabe por quê?
Porque sua existência atual começa a ter novo sentido e suas Leis de Vida principiam a ter mais força, ou simplesmente desmoronam aos seus pés. Cada verdade, cada dogma anterior é questionado, queira você ou não. Não é mais uma opção, é uma Verdade. Até sua crença religiosa passa por este crivo. É por isso que fé é um sentimento de foro íntimo. É por isso que a vida é fracionada em ciclos de sete anos. Se sua família tem uma religião e você não a aceita... mude.

Sem comentários:

Enviar um comentário